sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Movimento das peças do Xadrez

A professora Tatiane, em sua aula de Projeto de Educação Física, levou à sala os tabuleiros para os alunos iniciarem o jogo.
Primeiramente, a colocação das peças.
Mas a professora comentou que seria somente a batalha dos peões e, aos poucos, seriam introduzidas novas peças. Então explicou as regras:

O peão

O Peão se move em linha reta para frente, nunca para trás, mas realiza suas capturas em diagonal. Se move uma casa por vez, exceto na primeira jogada, quando tem a opção de se mover uma ou duas casas à frente.
Se um Peão avançar todo tabuleiro, até o lado adversário, é imediatamente promovido a outra peça, geralmente uma Rainha.
No nosso jogo ele será promovido a Torre.
A Torre

A Torre é a segunda peça mais poderosa do jogo, podendo mover-se em qualquer quantidade de casas, verticalmente e horizontalmente, desde que o caminho esteja livre.
O Bispo

O Bispo pode mover-se em qualquer quantidade de casas, diagonalmente, se o seu caminhoestiver livre. No jogo tem-se um Bispo na casa clara e um bispo na casa escura.
O Cavalo

Diz-se que o Cavalo anda em L, ou seja, duas casas na direção horizontal ou vertical e mais uma, em ângulo reto à direção anterior. É a única peça que pode pular sobre as outras, inclusive as próprias. Captura: a peça adversária que se encontrar na casa onde o Cavalo terminar seu movimento.

A Rainha ou Dama


Movimento: casas livres em todas as direções.
Captura: em todas as casas em que pode se movimentar.

O Rei

Movimento: Uma casa desocupada por lance em todas as direções. Não pode situar-se em casa sob domínio de peça adversária, pois o Rei não pode se entregar (ficar em xeque ).
Captura: em todas as casas que puder se movimentar. Só não pode capturar peças defendidas (protegidas) pelo adversário, pois seria capturado no próximo lance.

A batalha do Aprendizado

.