quarta-feira, 29 de julho de 2009

Gripes suína e comum: cautela e proteção

Fico muito feliz com o adiamento do reinício das aulas das Escolas estaduais aqui no Rio Grande do Sul, atendendo uma medida anunciada pelas autoridades.

A atitude mostra a consciência sobre a dimensão desta epidemia, a qual não distingue raça ou nível social.
Portanto, prosseguem as
Férias de Proteção, como “batizei” numa postagem anterior.

Todos estamos vulneráveis frente à ação do vírus e a aglomeração de pessoas facilita o contágio, seja da gripe comum ou da gripe suína, como é conhecida na linguagem popular.

Neste ano, o nosso inverno está tão rigoroso a ponto da mídia informar sobre temperaturas recordes, atingindo alguns graus abaixo de zero em diversas regiões do Estado, enquanto noutras giram em torno de um a dois graus positivos.

Diante dessas variações climáticas, as palavras de ordem são cautela e proteção, afinal fomos envolvidos por um momento delicado.

Como a proximidade física das pessoas é desaconselhável, torna-se necessário o afastamento temporário delas entre si, ao menos enquanto persistirem os riscos desta virose. Assim, devemos unir nossa consciência em torno desta regra, suspendendo atividades onde há aglomerações, principalmente em ambientes fechados, entre eles a Escola, cuja ferramenta é o elemento humano.

Permanecendo esta friagem atípica, todo o resguardo é importantíssimo, ao menos até se aproximar a primavera, quando dias melhores e temperaturas suportáveis virão, distanciando-nos dos malefícios deste inverno, cuja passagem ficará na lembrança, fazendo parte da nossa história, que poderá ser contada futuramente, tal aquelas narradas pelos nossos pais, avós ou pessoas mais velhas.

terça-feira, 28 de julho de 2009

Jogo das sílabas

Na minha turma alguns alunos apresentam dificuldades de aprendizagem, pois ainda estão no nível silábico.

Como é necessário que a alfabetização se concretize, a fim dos alunos descobrirem o mundo maravilhoso da leitura e da escrita, auxilio-os com diversas atividades extras.

Uma das formas para ajudar os alunos na aprendizagem foi a aplicação do jogo de sílabas, o qual encontrei num livro de alfabetização. Reproduzi em certa quantidade e colori, tornando-o tão atrativo quanto o original. Assim, os alunos, no seu grupo, puderam formar as palavras no processo de construção da alfabetização.

A cada palavra solicitada eles procuravam a sílaba correspondente. Juntando as sílabas conseguiam ler a palavra completa.

Seguem as letras: vogais e sílabas simples.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Nosso painel - Mundo dos Dinossuaros

Como a imaginação e a fantasia são peculiares a cada criança!

Neste trabalho os alunos entraram em contato com um mundo longínquo, o Mundo dos Dinossauros.

Com material disponível (EVA, cola colorida, cartolinas e lantejoulas) pintaram, recortaram e compuseram um cenário para enfeitar e alegrar a sala de aula.

Gosto de ver e perceber o carinho e a dedicação dos alunos em cada trabalho realizado.

Parabéns alunos!

terça-feira, 21 de julho de 2009

Diferenças entre gripe suína e comum

Este blog, apesar de essencialmente didático, não poderia ficar à margem dos acontecimentos em evidência no dia-a-dia, entre eles a saúde e o bem estar do seu mundo de leitores e seguidores, amigos e amigas, colegas e alunos, além do universo de anônimos. Desta forma, o espaço de hoje presta um útil serviço a todos, excedendo, assim, as barreiras que estão Além do Caderno.

Eis os diferentes sintomas que podem ser sentidos entre as gripes Comum e H1N1.


Estamos neste mundo para ajudar uns aos outros, pois a vida é importante, merece respeito, exige cuidados e ajuda.
Vamos ficar bem informados, esclarecendo sempre nossas dúvidas. Mas se permanecer alguma, é recomendável a busca médica.
Espero que esta contribuição seja tão útil quanto foi o propósito de publicá-la.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Alfabeto do Amigo

A ceita você como você é.
B ota fé em você.
C hama-o ao telefone só pra dizer oi.
D á-lhe amor incondicional.
E nsina-lhe o que sabe de bom.
F az-lhe favores que os outros não fariam.
G rava na memória bons momentos passados com você.
H umor não lhe falta pra fazer você sorrir.
I nterpreta com bondade tudo o que você diz.
J amais o julga, esteja você certo ou errado.
L ivra-o da solidão.
M anda-lhe pensamentos de ternura e gratidão.
N unca o deixa em abandono.
O ferece ajuda quando vê sua necessidade.
P erdoa e compreende suas falhas humanas.
Q uer vê-lo sempre feliz.
R i com você e chora quando você chora.
S empre se faz presente nos momentos de aflição.
T oma suas dores e evita que o maltratem.
U m sorriso seu basta para fazê-lo feliz.
V ence o inimigo invencível junto com você.
X inga e briga por você.
Z ela, enfim, pela jóia que você representa.


Agradeço a todas as minhas amigas por compartilharem a amizade!

domingo, 19 de julho de 2009

Férias têm novo sentido

Chegaram nossas merecidas férias. Ainda bem, porque desta vez elas têm um novo sentido, podendo ser definidas como férias da proteção. Explico: aqui, no Rio Grande do Sul, a incidência da gripe suína (vírus A1-H1N1) está se destacando no país, pois nossas fronteiras são portas de entrada para esta virose, considerando que elas fazem divisa com a Argentina e o Uruguai.

Além da incidência da doença em várias regiões do Estado, a nossa cidade também registra casos. Em função disso, é necessária muita cautela, começando pelas providências contra a proliferação.

Procurando estar sempre informada, gostei de saber, pela mídia, da iniciativa de algumas escolas situadas em municípios próximos, as quais anteciparam as férias deste período, satisfazendo, assim, a recomendação das autoridades sanitárias, ou seja, manter as pessoas nas suas casas; neste caso, alunos e professores.

As notícias mostram a fragilidade da esfera médica diante desta doença, até agora considerada não apenas fato novo como enigmática. Sendo assim, o convívio no ambiente escolar, sempre em grande número, poderá ser, também, um pólo fácil para o contágio coletivo, razão essencial da proteção preventiva.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Conhecendo o Egito - III

A Internet foi uma excelente ferramenta para realizar a pesquisa sobre o Egito antigo.

Os alunos pesquisaram em vários sites, anotando em seus cadernos as informações importantes sobre aquela civilização, adquirindo muitos conhecimentos históricos, principalmente seus usos e costumes, além da cultura em si.

Eles acharam muito interessante o fator religiosidade daquela civilização, especialmente a condição politeísta, ou seja, a crença em vários deuses.

Imagens obtidas na Internet auxiliaram na organização dos Power Points de cada dupla de alunos.

Apresento, através de imagens, as criações dos alunos. Todas estão compatíveis com o seu nível de aprendizagem e sintetizam seus trabalhos de pesquisa na utilização deste software.





quinta-feira, 9 de julho de 2009

Conhecendo o Egito - II

Dando continuidade à aula anterior, relativa ao assunto Egito, suas histórias, curiosidades e mistérios, os alunos assistiram a vários vídeos sobre as Pirâmides e civilização egipcia. Esta atividade aconteceu no laboratório de Informática.

As imagens do clipe abaixo apresentam uma Mostra Egípcia, ocorrida na Universidade local e aberta ao público, casualmente na época em que estávamos estudando esta temática.


video


A partir daquilo que foi pesquisado, os alunos realizaram novos trabalhos, envolvendo desenhos, cujos modelos foram obtidos na Internet. O software paint foi a ferramenta utilizada nesta prática, proporcionando aos alunos mais intimidade com esta técnica.






O que é um hieróglifo?

O termo deriva da composição de duas palavras gregas: hiero (sagrado) e glyfus (escrita). Somente os sacerdotes, membros da realeza, altos cargos e escribas conheciam a arte de ler e escrever esses sinais "sagrados". A escrita hieroglífica constitui-se, provavelmente, no mais antigo sistema organizado no mundo, destinando-se, principalmente, para inscrições formais nas paredes de templos e túmulos.


Com o passar do tempo evoluiu para formas mais simplificadas, como o Hierático, uma variante mais cursiva, podendo ser utilizada para pintar em papiros ou placas de barro. Mais tarde, com o crescimento da influência grega no Próximo Oriente, a escrita evoluiu para o Demótico, fase onde os hieróglifos iniciais evoluíram às formas estilizadas, havendo a inclusão de alguns sinais gregos naquela escrita.


Na aula de informática, após a pesquisa sobre os hieróglifos, os alunos escreveram seus nomoes utilizando o alfabeto egípcio, baseando-se no padrão apresentado neste link:

http://www.miniweb.com.br/cantinho/Infantil/38/hieroglifos.html

Conhecendo o Egito - I

O trabalho surgiu a partir da curiosidade dos alunos por este país.
Estávamos realizando o projeto Harmonia das Etnias , estudando primeiro a contribuição dos negros na formação étnica do nosso Estado. Partindo deste estudo realizamos diversos trabalhos ligados ao Continente Africano.
Durante um jogo de trilhas, com o título "Viagem à África", do livro Brasil de Todas as Gentes, do 4º ano, tivemos algumas informações sobre o Continente Africano.
Este jogo despertou a curiosidade de pesquisar sobre o Egito, principalmente porque os alunos ficaram fascinados com as pirâmides.
A partir disto, assistimos ao Filme Rainha do Sol e um Documentário da National Geographic: Egito em Busca da Eternidade. Conhecendo, assim, o legado de uma grande civilização.
Relato da professora Milene Machado Barazetti .

Jogo de trilhas

Continente Africano

A África é um território banhado pelo oceanos Atlântico e Índico, além do Mar Mediterrâneo.
Provavelmente, é o berço dos primeiros seres humanos, afinal, os mais antigos fósseis de hominídeos foram encontrados na África e têm cerca de cinco milhões de anos.
O Egito foi, talvez, o primeiro Estado constituído na África, há cerca de 5 mil anos. Afora isso, vários reinos ou cidades-estado também surgiram neste continente, ao longo dos séculos. Por outro lado, a África foi, desde a antiguidade, procurada por povos de outras regiões, à busca de suas riquezas, como sal e ouro.
A atual divisão territorial da África é recente – meados do século XX, consequência da descolonização européia.

DADOS PRINCIPAIS
ÁREA: 1.001.449 km²CAPITAL: CairoPOPULAÇÃO: 68,5 milhões (censo de 2000)MOEDA: libra egípciaNOME OFICIAL : República Árabe do Egito (al-Jumhuriya Misr al-'Arabiya).NACIONALIDADE: egípciaDATA NACIONAL: 23 de julho (Aniversário da Revolução). GEOGRAFIA do Egito:
LOCALIZAÇÃO: nordeste da ÁfricaFUSO HORÁRIO: + 5 horas em relação à BrasíliaCLIMA do Egito: árido subtropical.CIDADES do Egito (principais): Cairo, El Gîza, Alexandria.COMPOSIÇÃO DA POPULAÇÃO: árabes egípcios 98%, árabes beduínos 1%, núbios 1% (dados de 1996).
IDIOMA: árabe (oficial)
RELIGIÃO: islamismo 90% (sunitas), cristianismo 10% (em 1990).
DENSIDADE DEMOGRÁFICA: 68,4 hab./km2
CRESCIMENTO DEMOGRÁFICO: 1,9% ao ano (1995 a 2000)
TAXA DE ANALFABETISMO: 44,7% (censo de 2000).RENDA PER CAPITA: US$ 1.290 (em 1998).
ECONOMIA:Produtos Agrícolas: algodão em pluma, arroz, trigo, cana-de-açúcar, milho, tomate.Pecuária: búfalos, ovinos, caprinos, aves.Mineração: petróleo, gás natural, manganês, sal de fosfato, minério de ferro, urânio, carvão.Indústria: alimentícia, refino de petróleo, têxtil.


Bandeira do Egito




Rainha Sol - A esposa amada de Tutankhamon Sinopse: Nada poderia preparar a jovem Akhesa para reinar o povo do Egito, a não ser um estranho rapaz chamado Tutankhamon. Sem perceber, ela entra num corajoso jogo à procura de sua mãe, Nefertiti, nesta longa jornada que a levará ao maior dos poderes, o trono do Egito. Perseguidos pelos inimigos do Faraó, os dois adolescentes enfrentarão milhares de perigos, despistando a morte em uma difícil viagem, na qual cruzarão o deserto e tentarão não serem capturados pelo terrível Zannanza. Em uma aventura repleta de testes e aprovações, Akhesa e Tutankhamon se arriscarão, com inocência total, rumo ao único destino que os unirá para sempre.

Rio Nilo é o berço de uma das civilizações da história da humanidade. Através dos séculos os antigos egípcios criaram e construíram os mais magníficos monumentos que o mundo já viu. Explore os tempos de Luxor e Kamak. Navegue pelo Nilo até a Terra dos Mortos e visite as tumbas ricamente decoradas onde reis eram enterrados. Viaje com arqueólogos especializados que desvendaram os enigmas do passado intrigante do velho Egito. (1982)



Desenhos realizados em sala de aula com tinta têmpera.